evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat istanbul evden eve nakliyat depolama evden eve nakliyat

evden eve nakliyat istanbul evden eve nakliyat nakliyat nakliyat firmaları nakliye depolama istanbul evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat

evden eve nakliyat istanbul evden eve nakliyat nakliyat nakliyat firmaları nakliye depolama istanbul evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat

evden eve nakliyat nakliyat istanbul evden eve nakliyat depolama nakliyat şişli evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat istanbul evden eve nakliyat

evden eve nakliyat istanbul evden eve nakliyat nakliyat nakliyat firmaları nakliye depolama istanbul evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat

evden eve nakliyat istanbul evden eve nakliyat nakliyat nakliyat firmaları nakliye depolama istanbul evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat

evden eve nakliyat istanbul evden eve nakliyat nakliyat nakliyat firmaları nakliye depolama istanbul evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat

evden eve nakliyat istanbul evden eve nakliyat nakliyat nakliyat firmaları nakliye depolama istanbul evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat

evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat istanbul evden eve nakliyat depolama evden eve nakliyat

evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat istanbul evden eve nakliyat depolama evden eve nakliyat

evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat istanbul evden eve nakliyat depolama evden eve nakliyat brTT fala sobre aprendizados no Mundial e futuro da carreira

Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • brTT fala sobre aprendizados no Mundial e futuro da carreira

evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat istanbul evden eve nakliyat depolama evden eve nakliyat

brTT fala sobre aprendizados no Mundial e futuro da carreira

De volta ao Brasil após o Campeonato Mundial de League of Legends de 2015, o AD Carry do paiN Gaming, Felipe "brTT" Gonçalves, compareceu ao último dia da Brasil Game Show (BGS), nesta segunda-feira (12), em São Paulo, para tirar fotos com os fãs no estande da ReXpeita, loja da qual é proprietário.

Mesmo depois de atender um bom número de fãs, brTT reservou um tempo para conversar com o MyCNB com exclusividade e falar sobre a experiência e os aprendizados no Mundial, cuja primeira fase aconteceu em Paris, na França.

O paiN não conseguiu passar da Fase de Grupos, mas superou a campanha brasileira do último ano e deixou a competição com duas vitórias, sobre o Flash Wolves, de Taiwan, e o Counter Logic Gaming (CLG), da América do Norte. Clique aqui para ver a cobertura completa da competição.

Além da experiência no Mundial, o AD Carry comentou sobre o bootcamp na Suécia, que, para ele, não foi "o melhor possível", e o futuro da carreira no cenário competitivo nacional.  

brtt-bgs1-mycnbAD Carry tirou fotos e deu autógrafos no último dia da Brasil Game Show (Foto: MyCNB)

Leia a entrevista completa: 

Qual aprendizado deu para ter nessa experiência do Mundial?
A questão do aprendizado é mais experiência, jogar entre os melhores do mundo e perder o medo e o nervosismo também. Uma coisa que a gente viu bastante, acho que a gente sabia, mas conseguimos evoluir muito, foi a questão da tomada de decisão no meio do jogo. Porque nosso começo de jogo é bem forte, conseguimos mostrar isso, só que no mid game a gente estava tomando decisões bem ruins e a gente também demorava a tomar essas decisões. Acho que o que mais conseguimos aprender lá foi a tomada de decisão.

Quais as dificuldades de enfrentar equipes da elite internacional?
O ponto mais difícil de enfrentar eles é que eles não perdoam nenhum erro seu. Por menor que seja seu erro, você vai ser punido. Eles vão conseguir pegar muita coisa por causa de um erro seu, é uma coisa que não acontece no Brasil. Foi isso que fez a gente tomar meio que um choque de realidade no primeiro jogo.

Vocês venceram o Flash Wolves no 1º turno. O que aconteceu no segundo jogo que não veio a vitória?
Eu diria que o jogo estava meio que na nossa mão. Aconteceu o que eu falei que era um dos nossos maiores problemas, a tomada de decisão. Acabamos que, ao invés de ter usado o TP do Mylon para lutar no baron, a gente decidiu que era melhor ele ficar puxando. Mas a gente não levou baron, não levou o inibidor do bot e não aproveitou a vantagem que tínhamos. Eu acho que isso nos abalou um pouco.

Como foi enfrentar Doublelift e Aphromoo, do Counter Logic Gaming?
Enfrentar o Doublelift e Aprohomoo foi uma honra. São dois jogadores que eu assistia bastante stream quando comecei a jogar. Poder ganhar deles, jogar contra eles foi uma honra imensa. Conversei com eles depois dos jogos e falei que tinha começado a jogar assistindo os dois. E foi muito 'show de bola'. Eles são muito gente boa, trocaram ideia comigo muito de boa. Foi muito bom. 

pain-mundial2015-riotgamespaiN Gaming comemorou muito a vitória sobre o CLG na última rodada (Foto: Riot Games)

O que deu para melhorar na equipe com o bootcamp na Suécia para o Campeonato Mundial?
Eu não diria que o bootcamp da Suécia foi o melhor possível, porque não tinham times excepcionais para treinarmos, e os times que iam para o Mundial estavam fazendo bootcamp na Coreia, então sobrou para nós ficarmos treinando com os times do Challenger Series, mas deu para jogarmos a Solo queue deles. Já foi um avanço bem grande, e os times do Challenger Series são bem fortes, então deu para a gente entrar no ritmo e dar uma aquecida para o Mundial.

Pode revelar os nomes dos times que vocês treinaram?
Agora eu não consigo nem lembrar os nomes dos times, mas foram todos os times do Challenger Series de lá.

Como vai ser a rotina do time neste retorno ao Brasil? Terão folga?
Vamos tirar uma semaninha de folga. Foi quase um mês fora, nós precisamos de um descanso para poder voltar à rotina de treinos. Vamos tirar uma semana, depois vamos voltar com os treinos normalmente, tentar trazer o máximo que a gente conseguiu lá de fora, colocar nos treinos e vamos para o próximo campeonato.

Qual a importância do documentário da Riot na sua carreira?
Eu diria que esse documentário é importante porque é o meu trabalho sendo reconhecido. Depois desses anos todos de treinos e dedicação, é uma honra poder estar ao lado das estrelas do League of Legends e poder mostrar minha história pra o mundo todo. 

brtt-bgs2-mycnbAntes de brTT chegar, a fila para fotos já estava formada no estande da ReXpeita (Foto: MyCNB)

Teremos o CBLoL All-Star em novembro. Você gostou do formato comemorativo ou gostaria que fosse torneio entre os times mesmo?
Com certeza eu preferiria se fosse a paiN toda, mas é o lance do campeonato. É mais para ser uma brincadeira mesmo, confraternização e mesmo assim vai ter uma competição. Não é só porque não vai ser times que não vai ter competição, vai estar todo mundo lá querendo ganhar. Vai ser legal.

Você se considera que está no auge da sua carreira? Pensa em se aposentar?
Com certeza eu estou no auge da minha carreira. Consegui ir para o Mundial, creio que representamos bem o Brasil e fiquei satisfeito com meu gameplay individual. Então eu não espero parar neste ano. Eu pretendo jogar o próximo ano também. 



Veja também:


Tags: League of legends, pain gaming, brtt, lolwc2015, bgs2015